https://mobirise.com/

Memória da Semana Santa em Nossa Paróquia

Por Pd. Vanderlei Guimarães 06/05/2017

Estamos vivendo o quinto mês do ano de 2017. Quantos acontecimentos já vivenciamos e testemunhamos até então. Alguns não tão bons, mas outros maravilhosos. E entre tantas situações belas que já aconteceram, temos a Semana Santa, celebrada recentemente, e ainda estamos celebrando essa beleza que é o tempo pascal, alegria do Cristo ressuscitado que nos impulsiona para algo mais.

Excepcionalmente neste mês queremos convidar você para fazer memória da Semana Santa. Aqui um breve resumo do que aconteceu, e também fotos que marcaram a Semana Santa em nossa paróquia.

O domingo de Ramos abre a Semana Maior. Na celebração deste dia com os olhos da fé contemplamos Jesus que entra em Jerusalém e é aclamado como Rei, e nós hoje, somos chamados a aclamar e a viver, sob o Reinado de Cristo, nosso Senhor. Todos os setores de nossa paróquia vivenciaram intensamente essa celebração.

Segunda e terça feira são dias de preparação para vivenciar o encontro da Senhora das Dores com o Senhor dos Passos, sendo assim, no primeiro dia, os setores Matriz, Piscamba e quase paróquia de São Sebastião no Grota, celebraram e fizeram a procissão para o depósito da Imagem do Senhor dos Passos. E no segundo dia aconteceu a celebração e em seguida a procissão para o depósito da Imagem da Senhora das Dores.

A quarta-feira foi marcada por celebrações nos mesmos lugares, seguida de procissões com as imagens voltando para as referidas Igrejas de onde saíram, procedendo assim com o Sermão do Encontro. 

A quinta-feira Santa, marca a abertura do tríduo pascal. Neste dia, a celebração chama atenção para a Instituição da Eucaristia, Instituição do Sacerdócio e o chamado expressivo para o serviço, com a cerimônia do Lava-pés. As comunidades, Piscamba, Matriz e São Sebastião celebraram esses momentos significativos.

A sexta-feira Santa, a recomendação é para que se façam jejum e abstenham-se de carne. È um dia que lembramos que Nosso Senhor padeceu por nós em uma cruz. Um dia de recolhimento total. Ás três horas da tarde acontece a solene ação liturgia composta por três partes: Liturgia da Palavra, Adoração da Cruz, e a distribuição da Eucaristia aos fieis. Nossa paróquia vivenciou esse momento em todos os setores. A noite na Matriz, Piscamba e no Grota aconteceu o Sermão do descendimento.

O sábado da semana santa ainda é marcado por recolhimento. A noite de sábado, celebra-se a vigília pascal, a principal vigília ou a mãe de todas as vigílias, nessa acontece à benção do fogo novo, a proclamação da páscoa, a liturgia da Palavra, e se houver batizando adulto realiza-se o batizado. Nessa vigília celebra a alegria do Cristo que ressuscita dos mortos. A matriz de Sant’Ana vivenciou belamente essa vigília que iniciou ás 21 horas, assim como a Quase Paróquia de São Sebastião que iniciou ás 20 horas.

O Domingo de Páscoa é marcado pela alegria de Jesus que ressuscitou. O grito de aleluia ecoa por todos os cantos. É a vida que vence a morte. Neste dia, todos os setores de nossa paróquia e a quase paróquia de São Sebastião teve a celebração Eucarística, procissão com Santíssimo e em seguida a Benção do Santíssimo Sacramento.

Podemos afirmar que a celebração da Semana Santa em nossa paróquia foi muito boa. Nas comunidades que não tiveram celebração Eucarística, nem sermão, sempre contavam com um momento de oração ou alguma atividade associada à semana maior. Também nessa semana todos os setores tiveram um dia, um padre disponível para o atendimento de confissões.